sexta-feira, março 05, 2010

até um dia, Johnny!

10 Comments:

At 1:02 PM, Blogger Bernardo Barroso Neto said...

Sem dúvida nenhuma a morte de Johnny Alf foi uma das maiores perdas da música brasileira e porque não mundial.
Pena que o Brasil não reconheceu o grande talento que o Genialf, como dizia Tom Jobim, sempre foi.
Vão ficar eternos suas músicas e seus poucos e maravilhosos discos.

 
At 2:07 PM, Blogger Victor Valentim said...

Que Vá em paz, com muita luz e alegre o céu com sua linda obra,

fará muita falta a nossa música,

Adeus Johnny

 
At 6:27 PM, Blogger Luiz Antonio said...

ele agora é a brisa...

 
At 6:55 PM, Blogger Cyntia said...

Quarta-feira mesmo estava pensando nele, se tinha melhorado. Inacreditável... Tanta gente bacana indo embora é assustador. Me sinto honrada em dizer que o vi tocando e cantando, que conheci o seu trabalho, e é uma pena ver que um montão de gente não faz ideia de quem foi Johnny Alf.

 
At 8:22 PM, Blogger Marcel said...

Meu Deus!

Uma perda muito triste.Johnny Alf se foi, mas ficará eterno em nossos corações!

"Olhos Negros, Negros são os bréus, senão são meus... A me guiar"

 
At 9:38 PM, Blogger Paul Brasil (Paul Constantinides) said...

grande Johnny Alf...
ûm brinde a suas belas musicas.
paul

 
At 1:12 AM, Blogger Marcos Renan said...

Descanse em Paz Johnny Alf!

Rapaz de bem...

 
At 4:57 PM, Anonymous GustavoBaião said...

Mais uma vez, a flâmula da música brasileira fica hasteada a meio-pau.
Olhos negros sim, mas agora borrados de lágrimas.

Paz, Mestre Alf.

GustavoBaião

 
At 2:35 PM, Blogger rogerio santos said...

Deixou um legado maravilhoso e isso vale uma vida verdadeira.

Ontem tive a sorte de assistir um baaaita show do (com) o Paulo Vanzolini no palco (comandado por Ìtalo Peron e a cantora Ana Bernardo). Embora bastante idoso e com certa dificuldade para se locomover e se acomodar numa cadeira, com uma cervejinha, a cabeça do homem continua a milhão. Espirituoso, contou divertidas estórias sobre sua vida e suas criações.

A Cantora Márcia subiu ao palco para 2 músicas, uma delas a tradicional Ronda (que o Vanzolini espirituosamente disse que uma vez, pediram a ele com "H" - Honda...rs)

E a outra, a única música de outro compositor - Eu e a Brisa - do Genialf. Ela não conseguiu cantar inteira sem ir às lágrimas.

Que Deus nos proporcione a presença de outras almas iluminadas, porque o mundo globalizado está institucionalizando a mediocridade.

O Café Piu Piu estava lotado, lotado, porém... observei uma fraca presença de jovens compositores e cantores.

Perderam, pq foi um aprendizado.

O Vanzolini é um desses caras geniais que precisam ser reconhecidos e reverenciados em vida.

 
At 12:22 PM, Anonymous Anônimo said...

mais um desercarne que deixa saudades.

 

Postar um comentário

<< Home