domingo, janeiro 21, 2007

especiaria

Atendendo a (muitos) pedidos, dou uma rápida explicação sobre o CD 'Especiaria', do Flávio Chamis, do qual participei e que a Biscoito Fino recém-lançou _ e sobre o qual tenho recebido inúmeras perguntas dos interessados.

(as especiarias aí ao lado não são brasileiras, e sim macedonias _ fazem parte de um almoço divino que tivemos em Skopje; o dono deste belo prato é o nosso motorista local, cujo nome, infelizmente, esqueci)

Enfim, sucedeu que em 2004 recebi o convite do Flávio para participar em algumas faixas do disco dele. Flávio Chamis é um músico da área erudita, regente, que já trabalhou com Bernstein, e está já há alguns anos radicado em Pittsburgh, nos USA. Este disco seria sua primeira tentativa na música popular. Ele convidou alguns excelentes músicos de jazz, começando pelo nosso amigo Jay Ashby, maravilhoso trombonista e arranjador, que produziu e formatou o trabalho (as composições são todas do Flávio). Fomos a Pittsburgh, eu e o Tutty, e gravamos em 2 ou 3 dias nossas participações.

Não sendo um disco meu, fiz questão de pedir ao Flávio e `a gravadora que fosse deixado bem claro que o CD era dele, e só dele. Ao Flávio o que é do Flávio. Eu participei na função de 'side musician', como os americanos dizem, portanto minha presença aqui tem o mesmo peso que a dos outros músicos, como Claudio Roditi, por exemplo, ou do Alon Yavnai (super-pianista de Israel), a Anat Cohen (sax-clarinetista, também de Israel), ou do Jay, ou do Tutty. Estamos todos aqui simplesmente a serviço da música, cada um dando o seu melhor em função disso.

E fico feliz que vocês todos tenham gostado, a ponto de escrever pra saber mais. Viu só, Flávio?

PS- e nevou em Malibu!!! O mundo está mesmo virado do avesso...

4 Comments:

At 3:41 PM, Blogger Quezia Lucena said...

Joyce, fiz uma homenagem à vc no meu blog...
dá um pulinho lá e comenta!
bjosss

http://quezialucena.blogspot.com/

 
At 12:42 AM, Anonymous Flavio Chamis said...

Joyce, querida:

Daqui dos campos nevados da Pennsylvania leio o seu blog e saboreio o que você escreveu sobre o nosso trabalho conjunto. Você disse tudo: foi um trabalho de uma equipe sensacional, que durante três dias em Novembro de 2003 entrou num estúdio aqui em Pittsburgh e produziu o que depois de uma longa gestação veio ao mundo como “Especiaria”.

Ouvindo o CD agora, depois de pronto, fico pensando no que fizemos: 12 músicas totalmente inéditas, tocadas por 10 músicos, nascidos em 5 paises diferentes, a maioria dos quais nunca tinha se encontrado até então. Eu me lembro que começamos a nos conhecer musicalmente gravando “Samba Pra Quem Sabe”: o primeiro “take” é o que foi pro CD - praticamente intacto – todos nós com a sensibilidade a flor da pele, e quem escutar com cuidado vai perceber uma certa beleza ingênua e inocente que transparece num daqueles raros primeiros encontros afortunados. Daí pra frente foi tudo num crescendo e durante três dias testemunhei um intercambio ultra criativo de inteligências musicais.

Mas, a Joyce o que é de Joyce: as palavras por sua voz no CD acariciam os ouvidos, e certamente estimularam a banda, o produtor, e tudo mundo que esteve envolvido a dar o melhor de si. Impossível retribuir com menos.

Um beijão agradecido e carinhoso a você e ao Tutti!

Flavio

 
At 1:32 AM, Anonymous Michelle Wellington said...

Joyce, que legal: pedi e voce atendeu: falar um pouco sobre Especiaria e Flavio Chamis - valeu!!!

Obrigado, me sinto percebida ai do teu lado da tela, bacana mesmo! Um beijao,
Michelle W.

 
At 2:51 PM, Anonymous Marta said...

Joyce,

Vou sempre que posso aos seus shows, comprei e adorei essa "Especiaria", e adoraria ver voce cantar musicas desse CD nos proximos show, especialmente Samba de Duas Notas (continuista bossa nova?) e Intrinseco da Vida. bSeriedade maior nao ha!
Acho que o publico iria amar! Vale a pena testar?
Beijos, tenho uma foto de com voce num show de 2003.

Marta

 

Postar um comentário

<< Home