quarta-feira, fevereiro 21, 2007

casamentos

Donato e Ivone, uns queridos, estão aqui com a gente nessa foto, mandada por eles e tirada há mais ou menos uns dez dias atrás, num show de que eu e Donato participamos, e que foi bem divertido. Ivone me mandou essa foto a propósito de uma matéria que saiu sobre nosso CD (meu e do Tutty) que coincide com os 30 anos de casamento. Pois é. Bom ver os dois casais de amigos juntos, aliás dois casais casadíssimos.

Casamento quando é bom é ótimo, quando é ruim é péssimo, e eu estou sempre na torcida pelos ótimos. Não endosso totalmente a jobiniana teoria de que é impossível ser feliz sózinho, pois quem não se dá bem consigo não vai se dar bem com mais ninguém. Mas que é bom demais ter uma contraparte bacana, lá isso é.

Tem os que casam com o trabalho, com a arte, com uma fé religiosa, com a família toda ou com a humanidade em geral. Respeito todos. Quem casa com alguém ou com alguma coisa está abrindo mão da individualidade e admitindo que ninguém é um. Ninguém é ilha. Ou somos todos ilhas e nos comunicamos por pontes malucas que acabam formando continentes perdidos? Brincadeirinha. Mas é certo que casamento é uma instituição que ainda vai durar muito, só que modificada, misturada, dinâmica. Apesar de tanta campanha contra, nunca vi tanta gente querendo casar como agora, gente de todos os sexos e de todas as idades. É o final dos tempos _ ou um sinal do recomeço de tempos novos. Novos costumes do século XXI.

2 Comments:

At 8:39 PM, Blogger Simone said...

Casamento né!Pois é!!!
Estou divorciada há 04 anos,estou muito feliz sozinha mas sem sombra de dúvida quero me relacionar com alguém sim,mas uma relação que valha a pena.

 
At 10:56 PM, Blogger agarcia2004 said...

Gosto tanto que já estou no terceiro... E espero que seja o último! Esqueci de perguntar onde fica a fonte( da juventude).

 

Postar um comentário

<< Home