quarta-feira, julho 09, 2008

flores pro João

Ele merece. João Donato é pessoa do bem. Não fala mal de ninguém, porque pra ele todo o mundo tem sempre alguma coisa boa (mas tem uns que ele prefere um pouquinho, que eu sei...)

João é genial. Ontem, ao final do show em sua homenagem, Nelsinho Motta, diretor do espetáculo, dizia, eufórico: 'isso é que é estilo!' Uma obra daquele tamanho, e já no primeiro acorde você sabe de quem é. Maravilha entre as tantas maravilhas do nosso cancioneiro.

João é meu parceiro. Com muita honra. Temos canções novinhas, inéditas, e sei que outras mais virão. A usina de criação ali não pára, nem vai parar, Deus abençoe o meu amigo tão querido.

PS- um forte abraço em Mário Adnet, meu parceiro também e companheiro de tantas aventuras musicais, que orquestrou com maestria as canções do Donato. Esse projeto é parte de uma missão de re-desenho da obra de grandes autores brasileiros, iniciada por ele há tempos com Tom e Moacir Santos. Bom demais ver aquela orquestra de craques embrulhando pra presente uma obra tão singular como a de João. A Orquestra Ouro Negro é um luxo _ foi (unanimemente) a grande estrela da noite _ e Mário é seu inventor. Não é tarefa pra qualquer um pegar canções tão lindas, tão (re)conhecidas, tão parte do imaginário brasileiro, e envolvê-las com belos arranjos, tirando o próprio ego da frente, respeitando o original sem deixar de ser criativo. Tiro meu chapéu pro Mário por essa grande realização. Que sirva de exemplo pra outros arranjadores, de todos os calibres.

3 Comments:

At 4:24 AM, Anonymous JoFlavio said...

Joyce.
Assino humildemente em baixo. A propósito, a postura de João Donato como músico me faz lembrar uma observação de Herbie Hancock. Segundo Hancock, falar mal de outros músicos é uma prática sempre inoportuna. Todo músico tem alguma coisa pessoal para mostrar. Cabe a você aproveitar isso ou não.

 
At 11:52 AM, Blogger Bernardo Barroso Neto said...

O João Donato merece essas e outras tantas homenagens, um músico extraordinário, que não tem nenhum tipo de estrelismo.
Estou doido pra ouvir as músicas inéditas da sua parceria com ele, sem dúvidas são tão boas iguais as anteriores.
O Mário Adnet é outro músico espetacular.
Eu gostaria muito de morar no Rio ou em São Paulo pra ver esses shows.
Beijos

 
At 4:23 PM, Blogger Luiz Antonio said...

Bernardo.... em Tokio é mais garantido ainda que em SP ou RJ...

 

Postar um comentário

<< Home