sábado, março 27, 2010

Filgueiras



Tenho ótimas lembranças de Filgueiras - uma linda  praia pertinho de Mangaratiba, a caminho de Angra, litoral sul do RJ. Era lá que minhas amigas Luli e Lucinha (hoje Luhli e Lucina, por artes da numerologia, e não mais uma dupla) tinham uma casa onde moravam com o marido, Luiz Fernando, e as crianças deste casamento.

Porque além do trabalho musical da dupla, havia um casamento, só que nada convencional: tratava-se, como dizia na época a Luhli, de um "trisal", um casal de três - três pessoas que se amavam entre si e criaram uma família a partir desse amor. Família que, apesar de formada nos anos 1970, era pra lá de alternativa, e na verdade o seria ainda hoje. Nós aqui em casa - que éramos, ainda somos e sempre seremos um casal de dois - respeitávamos a escolha de nossos amigos, pessoas mui queridas, e frequentávamos a casinha de Filgueiras com nossas crianças e outros amigos. 

Foi lá, entre outros acontecimentos, que foram feitas as fotos para a capa do meu disco "Feminina" no comecinho de 1980, que Luiz Fernando, grande fotógrafo, clicou e junto com Luhli (ex-aluna da ESDI, como ele) criou a arte e o logotipo do LP. Eu e Tutty estávamos recém-saídos dos estúdios dessa gravação (que seria uma das mais importantes de nossas vidas, embora ainda não soubéssemos disso) e éramos recém-pais de nossa filha mais nova, Mariana, na ocasião com 8 meses. Lucina, por sua vez, já estava grávida dos gêmeos Pedro e Antonio, dela e do Luiz. Ela e Luhli tinham produzido há pouco mais de um ano seu primeiro disco independente. Eram tempos férteis em todos os sentidos.

(As fotos acima, feitas nesta ocasião, são do Luiz, mas as fotos abaixo são de Lizzie Bravo, também amiga e frequentadora da casa. Ela está reorganizando seu fantástico arquivo, talvez com vistas a uma futura publicação. Tem de tudo ali: eu, Milton, Egberto, o Som Imaginário e todo o mundo da nossa turma lá pelos anos 1970. Não é pouca coisa.)

Esta foto, por exemplo, é de um carnaval na casa de Filgueiras. Da esquerda para a direita, Flor e Júlia, filhas de Luhli e Luiz. Em seguida estão minha filha Ana, depois Marya (filha de Lizzie e Zé Rodrix) e minha filha Clara. Três futuras cantoras, portanto - e naquela época, inseparáveis.


 Nosso amigo Ney Matogrosso, igualmente hóspede da casa, maquiou as crianças para o bailinho da matinê do clube em Mangaratiba, e lá se foram elas cair no samba. Lindas.

Boas lembranças, que as fotos que Lizzie mandou ontem me trouxeram de volta. Tempos de juventude, criatividade e paixão pelo que estávamos fazendo - o que perdura até hoje. Mas o melhor de tudo é que era feito sem pensar, deixando que a vida nos levasse, sem temer nada, como só acontece quando somos assim tão jovens.

15 Comments:

At 12:50 PM, Blogger pituco said...

pôxa, joyce,

post piramidal...fotos e fatos

e, por favor, perdoe minha sinceridade e impulso natural...mas, não há como não comentar sobre tua beleza.

abraçsonoros

 
At 12:36 AM, Blogger Luiz Antonio said...

bah, JOyce! Sou fã de Luli e Lucina! Tenho alguns lps da dupla... não sabia desse lance do casamento (mudernas, hein!)mas sabia da casa de Mangaratiba. Aliás, cada vez mais me convenço de que, se eu tivesse nascido uns 10 anos antes e nunca tivesse saído ai do Rio, trazido aqui pro sul da ilha por meus pais,possivelmnete eu ia acabar nessa turma, num show ou outro, de tanto bater nos camarins uma hora eu ia acabar descolando um convite para me reunir com essa turma toda, não pelo vinculo da música como profissão, mas como música pelo som bom de se ouvir e pela indentidade dos gostos,estilo de vida...seilá...

 
At 9:27 PM, Blogger Bernardo Barroso Neto said...

Belas fotos e belo texto. O Aquilino falou tudo: não dá pra não comentar da tua beleza.

 
At 11:17 PM, Blogger joyce said...

Pessoal, essas fotos têm 30 anos!

 
At 11:14 AM, Blogger pituco said...

joyce,

musas e músicas (aliás,nome do blog do virtuo-amigo paul) quando belas, são eternas...

e fica uma curiosidade...como estará filgueiras nos dias de hoje?

abraçsons

 
At 5:10 PM, Blogger Cyntia said...

Belas fotos! você continua a mesma, Joyce. só com uns metros a menos de cabelo... Aliás, Ana, Marya e Clara não mudaram muito também.
Imagino a quantidade de fotos legais que Lizzie guarda e o trabalho que dá restaurar fotos. Tomara que venha algo legal por aí. :)

 
At 1:12 AM, Blogger Marcos Renan said...

Que turma bacana que vocês tinham heim!!!

 
At 9:54 AM, Blogger joyce said...

alô J.! Desde quando dizer que se voltou pra casa salgada dos abraços das pessoas é um comentário ferino??? Pra quem, como eu, nasceu e foi criada na beira da praia, não tem coisa melhor que chegar em casa molhada e salgada. Ainda mais se for por abraços...

 
At 5:26 PM, Blogger Bernardo Barroso Neto said...

Como foi falado acima você continua linda.
É claro que 30 anos não são 30 dias, mas com você o tempo está sendo mais generoso.

 
At 8:58 PM, Blogger j. de andrade lemos said...

Ok... tá tudo muito bonito mesmo.... as fotos [mesmo que sejam de 30 anos atrás], as músicas [sobretudo, as que dão abertura à este site 'joyce moreno'] e também todo o sal do corpo nas trocas de carinho...

abraços.

 
At 9:41 PM, Blogger myriamvilasboas said...

Adoro suas histórias. E, embora tão distantes das minhas ( no interior de Minas Gerais), me remetem a um tempo em comum. Bailinho de carnaval, fantasia, maquiagem, amiguinhos... Uma delícia. bj grande, Miroca

 
At 11:14 PM, Blogger Ricardo Mann said...

Desculpe a ousadia, mas essas fotos de 1980 quase me fizeram desmaiar na frente do micro...

 
At 1:01 AM, Blogger jose roberto (beto) said...

nossa ki saudades sou amigu dos filhos delas fomos criados juntos morro de saudades da flor da julia do pedro e do antonio keria poder receber noticias deles um grande abraços a todos

 
At 4:30 PM, Blogger Aline Miranda said...

tudo tão lindo, crianças lindas!
li a matéria sobre luhli e lucina na trip e acabei parando aqui buscando fotos dessa época florida...
ainda estou extasiada com toda a simplicidade.

 
At 3:09 PM, Anonymous stella said...

eu acampava em figueiras com toda a turma e amava aquela praia guardo tudo no meu olhar,a pedra,o mar e a nascente que desembocava na praia,obrigada por me proporcionar este momento!

 

Postar um comentário

<< Home