sexta-feira, maio 28, 2010

via-crucis


A gente sempre sai com cara de terrorista nessas fotos de visto e passaporte. Por isso mesmo, não vou colocar a minha aqui. Bem mais simpático mostrar o e-flyer da turnê...

É quase insuportável a via-crucis a que somos submetidos quando, na tentativa de fazer as coisas corretamente, temos que tirar vistos de trabalho para outro país. Os nossos irmãos do Norte, especialmente, depois do onze de setembro e dos eventos de Times Square, vêm aprimorando incrivelmente o sistema de concessão de vistos. Pra quem, como nós pretende apenas fazer música nas terras deles, parece injusto passar por tanta coisa até chegar ao ponto. Mas temos que nos conformar e seguir em frente nos procedimentos necessários. E vamos lá.

O pessoal da agência americana que nos representa nesse processo pede, em seu folheto explicativo, desculpas em nome do povo americano por termos de passar por este (palavras deles) 'ridiculous and infuriating process'. Mas não há o que fazer, e com isso tenho estado afastada do blog, dedicando meu precioso tempo ao preenchimento de formulários, e o tempo que sobrar, ao novo programa de TV, ao estudo das músicas que iremos tocar nos próximos shows, e, last but not least, à minha peça.

Pois não é que a maluca aqui, como se não precisasse de mais encrenca na vida, resolveu escrever uma peça?

13 Comments:

At 4:14 PM, Anonymous Túlio said...

bendita seja a loucura da criatividade.
enquanto o chico escreve livros, você vai com uma peça.
cuidado pra não te chamarem de novo de chico buarque de saias.
só não te desejo boa sorte pois dizem que no teatro isto dá azar.
beijos

 
At 4:24 AM, Blogger pituco said...

joyce,

há alguns que são predestinados por uma energia 'maior' e esse acúmulo de funções já não é nem necessidade...é missão mesmo...rs

bacanudo saber que vais pelo teatro...adolescente, espontaneamente, caminhei por essas sendas, muito mais que pela música...conheci vários mestres (antunes filho, miriam muniz)...e por meio deles vários cenógrafos, atores, diretores...enfim,não perdia uma montagem nos teatros de sampa...por isso estudei canto lírico...rsrs

há um amigo músicólogo, celso mojola, que nessa época sempre dizia...o teatro foi a única forma estética, cuja linguagem, permanece imutável...talvez seja verdade?

bom,
falei demais...ou melhor, escrevi demais...rs
fico feliz em saber que enveredaste por esse caminho...

desejo-te boas vibes e principalmente saúde pra cumprires tua agenda de trabalho

abraçsonoros
ps.meu irmão mora em seattle...inclusive o jovino santos também, senão estiver enganado...passarei já um email a ele

 
At 11:55 AM, Blogger Marcel said...

Maluca Joyce?

Não, quem dera que nesse mundo tivessemos mais malucos assim!

Ia ser tudo mais lindo, tudo mais slow!

Um Beijo!

 
At 12:00 PM, Blogger Erikinha Breno said...

Adorei a novidade da peça!!!!!
Bjs

 
At 12:28 PM, Blogger Dagmar Almeida said...

Querida Joyce,

So de ler no blog os mil e um compromissos que voce tem pela frente eu ja estou EXAUSTA. Imagino como voce deve estar se sentindo.

Fazer pesquisa, preparar o conteudo e apresentar o seu novo programa de musica; aprender as musicas para a sua proxima 'maratona' nos EUA; viajar de aviao durante mais de dez horas de A para B e para C e para D e para Z em um curto espaco de tempo e agora ... uma peca de teatro!

Menina, tome cuidado com a sua saude fisica e mental e va com calma porque, para mim, aqui de longe, a sua agenda parece mais pesada que os doze trabalhos de Hercules.

Falando serio, Joyce, cuide-se bem porque, apesar de voce ser "divine in more ways than one', voce tambem eh humana e, como tal, fragil.

Vou rezar para voce dar conta de 'todos os recados' e permanecer intata num pedaco so.

Da sua (preocupada) fa,
Dagmar Almeida

PS. Em que canal de televisao (ou estacao de radio) o seu novo programa de musica vai ser transmitido, por favor.

Me doeu muito 'dar bobeira', perder a data da publicacao do "Fotografei voce..." e anos mais tarde tentar achar uma copia de segunda-mao do seu livro - ate agora - sem exito.

Consequentemente, perder o seu novo programa de musica - seria tragico demais.

Por isso tudo,tenho que ser chata e insistir na mesma pergunta: quando e onde vai ser transmitido o seu novo programa de musica? Quero ficar de olho para poder assisti-lo e espalhar a noticia para todo mundo que eu conheco e que lhe admira tanto quanto eu (= metade da populacao em Londres, brasileiros e nao-brasileiros).

Beijos e ate jazz (novembro, se Deus quiser)

 
At 8:34 PM, Blogger Paul Brasil (Paul Constantinides) said...

joyce e trupe
buena viagem em tempo de Copa do Mundo....
tudo de bom
abs
paul

 
At 1:07 PM, Blogger Bernardo Barroso Neto said...

Mais uma ótima noticia!
Boa sorte em mais essa loucura saudável.
Beijos

 
At 11:32 PM, Blogger Xica_da_Silva said...

Uma peça?! Que legal! Ja tem um sujeito ou cada dia acontece espontaneamente? Preve uma trama tragica, comedia, ou talvez, sem trama (como o "Esperando a Godot)? Aqui em Estados Unidos nos se-chama uma peça sem trama uma musical de Broadway. rsrs. Mas ainda, tudo mundo gosta e ninguem pode resistir. Estou morrendo de curiosidade (Inquiring minds want to know!).

Quanto a 'segurança' depois 9-11, eu tambem lamento isso, que e' mesmo uma outra forma do teatro: a illusão da segurança. Sinto envergonhada e muito mais porque eu moro em um estado, Arizona, que fica mais como um estado policial cada dia. Mas as vezes, como ontem quando marchando na rali da paz, do direitos civis dos immigrantes, e vi tantos jovems, com tanta energia e a couragem, me traz a esperança. Mas como uma poeta Irlandesa disse, "Ser uma mulher e' saber que toda coisa beleza precisa muito esforço"(parafrase). rsrs. Meu pais tem 'uma caminhada dura pela noite escura'.

 
At 7:19 PM, Blogger joyce said...

Queridos amigos, a peça ainda está em fase de pré-produção. O que eu tinha de fazer, que era escrever, já está feito. Agora é torcer para tudo dar certo, mas não é mais comigo.

Quanto ao programa, ainda não sabemos quem irá exibir. Ainda não começamos a gravar, estamos na fase de pesquisa e construção dos episódios. A Multirio é uma produtora de multimeios da prefeitura do Rio, e é quem cuida disso tudo.

Dagmar, você está certa. Preciso ir mais devagar mesmo. Quero tentar fazer isso, mas está difícil... Obrigada pela preocupação e pelas preces. Valeu demais!

 
At 3:59 PM, Blogger rogerio santos said...

Joyce, que os anjos te guardem em mais essa turnê.
Da mesma maneira que é cansativo, imagino o prazer de trocar com o público.
Que essa equação seja muito favorável a ti.
Embaixadora maior da música brasileira.
Beijos do fã, Rogerio

 
At 7:40 PM, Blogger Lizzie Bravo said...

boa viagem, sucesso!

 
At 8:36 PM, Blogger Xica_da_Silva said...

Concordo com Dagmar, Joyce...Isso não e'uma turnê, mas um vendaval!

Mas tenho fe' que tudo vai estar bom por essa viagem! E' muito como o skiing, se voce ver uma avore em fronte de voce, tenho confiança que vai vira! rs...

Tristemente, por mim, eu tambem tenho que viajar por meu emprego durante a turnê enteira (em Nebraska). Mas, ainda, sinto com sorte pra ter um emprego. Ai...um dia...

Enquanto isso, Joyce, espero que continua longa com sua onda de boa energia!

Abraços

PS. Se alguem na sua banda gosta do futebol, pode assistir A Copa do Mundo na TV do hotel, o ESPN ou ESPN2 vai mostrar a maior dos jogos...e tambem umas poucas na ABC network. Boa sorte, Brasil!

 
At 1:57 AM, Blogger ORANGE DROPS said...

Joyce, Show de bola essa foto do flyer...

 

Postar um comentário

<< Home